---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Símbolo Municipais

Publicado em 23/08/2016 às 10:12 - Atualizado em 23/08/2016 às 10:28

 

Cocal do Sul tem como símbolos municipais: a Bandeira, o Hino e o Brasão

 

A Bandeira:

Compõe-se das cores vermelha e verde, separadas por um paralelogramo na cor branca, onde estão dispostas seis faixas diagonais, sendo quatro amarelas e duas azuis, interrompidas num círculo branco onde está colocado o brasão.

 

Representação das Cores:

 Vermelho-escarlate – trabalho, dinamismo e perseverança do povo sulcocalense.

Verde-bandeira – as florestas, as pastagens e todas as riquezas provindas da atividade agrícola.

Amarelo-limão – todas as nossas riquezas minerais, além dos produtos industriais e agrícolas.

Azul-cian – representam os rios Cocal e Tigre, assim como suas nascentes.

 

Representação das Etnias:

 Italiana: pelas cores vermelha, branca e verde.

Polonesa: pelas cores vermelha e branca.

Portuguesa: pelas cores vermelha e verde.

Dimensões: 88 x 132 cm = 11,616 cm2

lado menor dos triângulos vermelho e verde = 66 cm

lados menores do paralelogramo = 66 cm

diâmetro do círculo central = 44 cm

listas amarelas e azuis em diagonal = 38 mm e eqüidistantes dentro do paralelogramo.

 

Criação da Bandeira: Zênio César Galli

 

O Hino:

Foi nascendo em humilde recanto

Entre as matas do grande Brasil

Que Cocal escreveu o seu nome

Sob as nuvens de um céu cor de anil.

 

Imigrantes da Itália e Polônia

Com seus bravos marcando o seu chão

Conservaram a fé de seu povo

Todos juntos num só coração

 

Foi cantando seus hinos de glória

À senhora da Natividade

Que seus filhos unidos forjaram

Seu futuro na fraternidade

 

É por isso que em dias festivos

De mil flores se cobre Cocal

Pois seus filhos tecendo o progresso

Perseveram no mesmo ideal

 

Cocalenses unidos saudemos

Nossa terra com todo o fervor

Pois o lema de nosso progresso

É justiça, trabalho e amor.

 

Letra do Hino: Monsenhor Agenor Neves Marques

Melodia do Hino:  Jaime de Brida

 

O Brasão:

 O Brasão é formado por um escudo, encimado pôr quatro torres, tendo na parte inferior uma faixa, a qual contêm o nome do município, as datas de fundação e instalação administrativa. Nas laterais coqueiros ladeados por um ramo de arroz do lado direito e um ramo de pessegueiro do lado esquerdo. Ao centro estão colocadas uma engrenagem e uma chaminé.

 

Simbolização do Brasão:    

Torres: nas cores preta e cinza simbolizam a imigração e união das raças.

Coqueiros: representam a origem do nome do município e as matas.

Pessegueiro: simboliza toda a produção de frutas e verduras.

Arroz:  simboliza toda a produção de cereais.

Engrenagem e Chaminé: -  centralizadas no escudo representam a força e o dinamismo industrial.

Chaminé:  cor cinza e preta com labaredas vermelhas.

Engrenagem: cor preta.

Revestimento: na parte inferior esquerda na cor vermelha, simboliza azulejos e pisos cerâmicos, a mais forte economia do município.

Favo: na parte inferior direita na cor amarelo palha, simboliza a grande produção de mel, além de significar perfeição, trabalho e companheirismo.

Rios: encimando o favo e o revestimento duas tarjas em diagonal, na cor azul-cian, representam os dois rios que Cocal do Sul possui, o Rio Cocal e o Rio Tigre.

Florestas e Pastagens: representadas por duas tarjas verde-bandeira encimando os dois rios e no mesmo sentido.

 

Criação do Brasão: Zênio César Galli

 

Flor oficial do município: 

Flor Azeléa, RHODODENDRON da família ERICACEAE 

 

Árvore e Flor oficial do município:

Coqueiro ARECASTRUM da família das palmeiras. 

 

 

 

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Audios