---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Secretaria de Saúde de Cocal do Sul inicia tratamento de auriculoterapia em pacientes acamados

Publicado em 23/08/2018 às 08:23 - Atualizado em 23/08/2018 às 08:23

Vítima de quatro AVCs e com sérios problemas de articulação, Dona Maria Jurema Fracetto Duarte, de 84 anos, agora conta com um forte aliado para ajudar no alívio das  dores. Há um mês, ela recebe um tratamento complementar, a auriculoterapia, oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde de Cocal do Sul. Todas as segundas-feiras, ela aguarda ansiosa a fisioterapeuta para colocar as 'sementinhas' em pontos específicos da orelha, com o objetivo de controlar ou diminuir o processo de dor e inflamação. O procedimento tem trazido benefícios para a saúde e bem-estar da paciente. "Sinto que as minhas dores diminuíram. Minha filha conta que até o meu sono melhorou. Eu tomo remédio para dormir e tinha o sono agitado, agora acalmou. As aplicações estão me fazendo muito bem”, afirma Dona Maria.

 

Assim como Dona Maria, o trabalho começou a ser realizado em pacientes acamados que recebem atendimento domiciliar de fisioterapia pelo município. A técnica milenar da medicina tradicional chinesa tem o objetivo de tratar disfunções físicas, emocionais e mentais por meio de estímulos em pontos específicos do pavilhão auricular. A reflexologia da orelha propõe que qualquer alteração em um determinado órgão ou parte do corpo, poderá ser detectada e tratada pelo pavilhão auricular.

 

O trabalho é realizado pela fisioterapeuta Juliana Cardoso Rodrigues, capacitada pelo Ministério da Saúde em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, por meio do programa das  Práticas Integrativas e Complementares (PICS).

 

“Esta é uma técnica que não tem contra indicações. Gestantes, crianças e idosos podem aplicá-la com segurança por se tratar de um método não invasivo e com pouquíssimos efeitos colaterais. A auriculoterapia pode ser um tratamento ou funcionar como um complemento ao tratamento que o paciente já realiza. Nos acamados que atendo pelo SUS, a auriculoterapia apresenta resultados importantes no alívio de diferentes dores corporais, harmonia em determinados estados emocionais e equilíbrio em específicos casos da saúde mental”, explica a fisioterapeuta.

 

A profissional também aplica a técnica em alguns cuidadores fumantes que desejam parar de fumar, que possuem uma rotina estressante e muita ansiedade. Segundo a secretária de Saúde, Sinara Crippa Milanez a auriculoterapia é uma experiência que começou a ser aplicada em pessoas acamadas atendidas pelo SUS. “Os resultados observados são muito positivos. As práticas integrativas e complementares buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde por meios eficazes e seguros. Nosso objetivo é levar uma melhor qualidade de vida aos nossos usuários aliado ao tratamento convencional”, finaliza Sinara.

 

Mais informações pelo telefone: 99623-1337 (Juliana).

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar