---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Cocal do Sul, ACIC e Eliane Revestimentos Cerâmicos reivindicam audiência com Governador para término da SC-442

Publicado em 06/08/2019 às 07:36 - Atualizado em 06/08/2019 às 07:40

Cocal do Sul, ACIC e Eliane Revestimentos Cerâmicos reivindicam audiência com Governador para término da SC-442

 

 

A agenda do Deputado Federal, Daniel Freitas (PSL) em Cocal do Sul, nesta segunda-feira (5), para viabilizar recurso na ordem de 250 mil reais para a saúde também foi fundamental para discutir um assunto que preocupa autoridades municipais, regionais e classe empresarial. O Governo Municipal por meio do prefeito Ademir Magagnin juntamente com o Conselho das Cidades mobilizaram os vereadores, líderes das empresas Eliane Revestimentos Cerâmicos, Associação Empresarial de Criciúma (ACIC), entidades e lideranças para solicitar o intermédio dos deputados Daniel e Jessé Lopes (PSL) para uma audiência com o Governador Carlos Moisés para a conclusão da pavimentação da SC-442 que liga Cocal do Sul a Estação Cocal, em Morro da Fumaça.

 

 

A maior parte da pavimentação está concluída, faltando menos de um quilômetro no trecho de acesso à empresa Eliane Revestimentos Cerâmicos, em Cocal e outros 2,5 quilômetros em Estação Cocal, devido ao impasse no traçado da rodovia que hoje faz com que o tráfego de veículos pesados passe pela área central do Distrito de Estação Cocal.

 

 

Conforme Magagnin a mobilização partiu da preocupação ao sair na imprensa o fato de o Governador Carlos Moisés anunciar a realização de três importantes obras no Sul e não estar inclusa o término da SC-442, conforme o documento que descreve a relação das demandas da região Sul.

 

“Nossa solicitação aos deputados é para que a gente possa estar com o Governador antes do dia 17 de agosto, data que foi divulgada para a sua vinda. Em Cocal do Sul, o trecho de aproximadamente 800 metros está bem no coração onde está concentrado todo o trabalho da Eliane Revestimentos Cerâmicos que necessita urgentemente desta melhoria para a sua logística. Um trecho que está terrível e que me deixa envergonhado enquanto prefeito por não poder fazer nada por se tratar de uma rodovia estadual. A empresa é de suma importância para a cidade e para o Estado. Possui um faturamento na casa dos 120 milhões por mês e essa obra não vai custar 6 milhões de reais para ser concluída. Nós precisamos sentar com o Governador e mostrar a dimensão desta obra para o sistema produtivo do município e da região”, relatou o prefeito.

 

A pavimentação da SC- 442, um investimento superior a R$ 20 milhões, tornou-se possível graças a uma parceria com a cerâmica Eliane, que abateu os recursos de impostos repassados ao Estado. Para sustentar ainda mais a importância do término desta obra, um vídeo mostrando os investimentos da Empresa Eliane foi apresentado durante o encontro. “A gente tem trabalho alguns anos para que a SC- 442 pudesse ser pavimentada e está conclusão é primordial para o desenvolvimento da nossa empresa. Nós estamos com um projeto de investimento para os próximos 5 anos. A primeira fase iremos concluir até o final desse ano, com início da produção em janeiro. São 125 milhões de reais para a nova estrutura fabril e centro de distribuição. Nós estamos falando hoje de 250 caminhões por dia que transitam na empresa para o escoamento da produção, sem contar na geração de emprego para toda a região. A pior parte do asfalto já foi feita e ficou muito bom. Agora precisamos finalizar as extremidades para que a cadeia de produção não seja afetada”, declarou Edson Gaidzinski Junior, Presidente da empresa Eliane Revestimentos Cerâmicos.

 

 

O presidente da ACIC, Moacir Dagostim relatou que o investimento que a Eliane está fazendo é um divisor de águas para que esta obra seja finalizada o quanto antes. “Nós estamos em uma briga para trazer empresas de fora e não conseguimos. Então nós temos que trabalhar para fortalecer as que estão aqui e dar condições para que elas possam se desenvolver cada vez mais. É a região quem ganha, o Estado como um todo. E esse investimento da Eliane é privado e estamos aqui em uma luta para pedir apenas a conclusão de cerca de 2,5 quilômetros de asfalto, sendo 800 metros apenas em Cocal do Sul. Isso é inadmissível se comparado ao que a empresa gera e representa em emprego e impostos para o Estado”, salientou.

 

 

Os deputados federal, Daniel e estadual, Jessé ressaltaram que o pedido é salutar e irão se empenhar para que essa audiência aconteça antes do dia 17. “Se de fato o Governador vier para a região, nós vamos sim alinhar esse encontro para que as autoridades de Cocal do Sul, Acic e a empresa Eliane possam tratar sobre a importância do término da SC-442 pelo pouco que falta e pelo muito que ela representa para toda a região", finalizaram.

 

Sobre a SC- 442

- Ligação de Cocal do Sul a Estação Cocal em Morro da Fumaça;

- Rodovia com 10,8 km, sendo 7.5 km já pavimentado

- Não pavimentados, do lado Cocal do Sul: 800 mt;

- Não pavimentados do lado Estação Cocal 2.5 km.

- Tem Projeto – valor aproximado R$ 7 milhões (estimativa);

- Importante via de escoamento da produção, uma vez que faz a ligação com Morro da Fumaça e BR 101 via SC 445.

 

 

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar