---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Cocal do Sul é o primeiro município da Amrec em Eficiência da Gestão e o sétimo do Estado

Publicado em 02/12/2019 às 14:16 - Atualizado em 02/12/2019 às 14:16

Em 2017, Cocal do Sul foi o melhor município da Amrec no Índice de Efetividade da Gestão Municipal. A mesma avaliação foi realizada em 2018 e divulgada nos últimos dias e os resultados são ainda mais promissores na classe de qualificação administrativa.

 

Cocal do Sul obteve o melhor desempenho no resultado da pesquisa que trata do Índice de Efetividade da gestão Municipal (IEGM) realizada pelo Tribunal de Contas de Santa Catarina. Com média 0,7595 (classe B – muito efetiva), o resultado também coloca a atual gestão, acima da média estadual, ocupando a sétima colocação em Santa Catarina.

 

Na análise por categorias, Cocal do Sul se destaca em todas as áreas monitoradas. Na saúde, o município desponta com média 0,93, considerada altamente efetiva. Assim como na análise na área da educação, com nota 0,83; ambiental, com 0,80; tecnologia da informação, com 0,81 e fiscal, com 0,85.

 

Conforme o prefeito Ademir Magagnin e a vice-prefeita, Cirlene Gonçalves Scarpato esses índices são avaliações que precisam ser comemoradas e agradecidas. “Tudo isso é fruto de uma gestão comprometida, da atuação de todos os nossos secretários, diretores e servidores, bem como, de toda a população que também faz a sua parte quando coloca em dia a sua vacina, os impostos, participa das ações, e tantas outras obrigações. Acreditamos que estamos evoluindo a cada dia mais com a participação e trabalho de todos os envolvidos na administração pública. Muito Obrigado!”, concluem.

 

Para o secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Clédio Fachin os números revelam que o município está no caminho certo e num crescente. “Em 2018, o IEGM do município melhorou 2,60% passando de 0,7403 para 0,7595. Na área da saúde, a média 0,93, numa escala de 0 a 1, mostra o quanto podemos levar melhoria e qualidade de vida mesmo diante de uma das pastas mais difíceis, como é a da saúde. A administração municipal busca desenvolver um trabalho para o todo e é isso que faz toda a diferença”, afirma.

 

O IEGM é um indicador que mensura a qualidade das políticas e atividades dos municípios brasileiros nas áreas da educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, cidades protegidas e governança em tecnologia da informação. Ele apura a qualidade dos gastos públicos e dos investimentos realizados, a efetividade das políticas públicas e faz mensuração dos serviços prestados ao cidadão. Os dados abrangeram os dos 295 municípios catarinenses.

 

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar